quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Miss Butterfly

(...) Sem pressa... Deixe entrar, deixe envenenar, deixe enlouquecer. Sem pressa... Apenas sinta. Deixe pulsar. Sangue ferver. Pupila dilatar. Sem pressa... Deixe os olhos abertos... Estremece.
Quanto mais exploro teu beijo, mais quero te conhecer, Miss Butterfly. Até teus beijos têm segredos - EU
Sem pressa... Não há no mundo beijo igual ao beijo de uma borboleta.
Sem pressa... Miss Butterfly escolhe os lábios que irá presentear com o gosto da vida.
- Sem pressa... vem devagar me beijar. – Miss Butterfly

Quem pode resistir ao canto de Miss Butterfly? - EU

Sem pressa... deixe as asas de Miss Butterfly te aquecer os ombros, enquanto o beijo flui como puro libido pelo sangue quente.
Sem pressa... Deixe o seu corpo se derramar nas águas de Miss Butterfly.
Sem Pressa... Devagar... Macio... Intenso... – Miss Butterfly (...)

Um comentário:

Joana disse...

Quando li lembrei de um desenho que ainda hoje passa na TV... "Os amigos de miss spider" .

Desculpe, não contive o humor infantil.